Pesquisa de avarias

1. A bateria está em boas condições? 
  • Uma inspeção visual e um teste de funcionamento da bateria devem ser sempre efetuados antes de inspecionar o sistema de arranque.  A bateria deve estar completamente carregada (12.6 volts), limpa e em boas condições, assim como as cablagens e os terminais.
2. Uma luz-piloto de carga, um aperímetro ou um voltímetro podem índicar um problema do sistema de arranque? 

Luz-piloto de carga:

  • Painel acesso mas motor desligado: a luz-piloto deveria acender-se.
  • Painel aceso e motor ligado: a luz-piloto acende-se por breve tempo e depois apaga-se.
  • Bateria descarregada: uma bateria quase descarregada poderia fazer com que a luz-piloto se acenda apenas durante o fornecimento de alta voltagem.
  • Mínimo baixo: se o mínimo está demasiado baixo, a luz-piloto poderia iluminar-se de modo fraco.
  • Circuito elétrico afetado: cabos e conexões danificados ou corrompidos poderiam causar o acendimento da luz-piloto quando o motor está no mínimo.
Amperímetro:
  • Painel aceso e motor desligado: o amperímetro deveria indicar valor zero ou ligeiramente inferior.
  • Painel aceso e motor ligado: o amperímetro deveria indicar um valor superior a zero. O nível de carga indicado dependerá do circuito elétrico que está a atuar. Uma carga negativa indicará que a bateria está a descarregar mais rapidamente do que o sistema de carga lhe consegue fornecer corrente.
  • Cabos e ligações: se danificados ou corroídos podem causar medições erradas do amperímetro.

Voltímetro:

  • Painel aceso e motor desligado: o voltímetro deveria indicar valores entre 12.0 e 12.6 volts.  Uma leitura abaixo de 12 volts poderia indicar carga insuficiente, bateria descarregada, cabos e ligações defeituosos ou corroídos.
  • Painel aceso e motor ligado: o voltímetro deveria indicar valores entre 13.0 e 14.2 volts.  Uma leitura superior a 14.2 volts poderia indicar bateria danificada, defeitos do regulador ou ligação inadequada dos cabos.  Uma leitura abaixo de 13.2 volts poderia indicar uma avaria do alternador ou corrosão/ruptura dos cabos e das ligações.
3. Há algum fusível em curto no painel dos fusíveis? 
  • Inspecionar todos os fusíveis. Um fusível em curto indica problemas no circuito elétrico que poderia ter repercussões no sistema de arranque. Consultar o manual do fabricante para identificar a posição dos fusíveis.
4. Há alguma
ligaçao dos fusíveis interrompida?
 
  • Podem existir diversas ligações nos fusíveis que regulam a tensão da bateria para os circuitos elétricos do automóvel.  Se uma delas for interrompida, a bateria não fornece tensão aos circuitos elétricos. Consultar o manual do fabricante para identificar a posição de todas as ligações elétricas.
5. A tensão da correia de transmissão do alternador está consoante às especificações? 
  • Demasiado lenta: a correia está demasiado afrouxada, poderia escorregar na polia, assim, o alternador poderia carregar irregularmente ou não carregar de todo.
  • Demasiado esticada: se a correia está demasiado esticada, o rolamento interno poderia danificar-se causando o desgaste prematuro do alternador.
6. A correia de transmissão do alternador está em boas condições e tem a medida correta? 
  • Correia desgastada ou demasiado apertada: se a correia está gasta ou de medida demasiado apertada, poderia escorregar em volta da polia, assim, o alternador poderia carregar irregularmente ou não carregar de todo.
  • Correia nova:  uma correia é considerada "nova" se funcionou por menos de 5 minutos. Se está em função por mais de 5 minutos, é considerada "usada". É necessário verificar e regular a tensão da correia, consoante as especificações, após os primeiros 5 minutos de funcionamento
7. O automóvel passou por modificações ou foi instalado algum equipamento extra após a matrícula? 
  • Acessórios: acessórios instalados posteriormente à saída da fábrica, como telemóveis, computador, televisões, frigoríficos, equipamentos de rádio ou luzes podem causar uma sobrecarga do alternador com consequentes avarias ou desgaste prematuro.
  • Instalação imprópria dos acessórios: procedimentos de instalação dos acessórios incorretos podem causar problemas no sistema de arranque. Alguns problemas incluem uma ligação incorreta de massa ou conexões e cablagens inadequados.
8. Todos os serviços foram efectuados corretamente? 
  • Pontos de massa: verificar a continuidade do circuito de massa entre a bateria e o motor e entre a carroçaria e o chassi. Pode acontecer que, após uma reparação, os pontos de massa fiquem comprometidos ou não tenham sido conectados de modo oportuno.
  • Pontos de massa múltiplos: nos veículos equipados com pontos de massa múltiplos a cada circuito são atribuídos um ou mais pontos de massa.
    Uma ligação de massa errada poderia causar a ativação involuntária de um circuito quando houver outro em utilização.